Segundo Encontro do sancaLUG

No dia 19 de setembro de 2016, o sancaLUG realizou seu segundo encontro para discutir a seguinte pauta:

  • Cursos de GNU/Linux para iniciantes e usuários intermediários
  • Eventos sobre software e hardware livre nas escolas públicas
  • Encontro de todos os grupos para unificar agenda, missão e esforços (opensanca, pyladies, grupy-sanca, ccsl etc.)
  • Possível installfest na UFSCar em dezembro

  • Discutimos a relação entre governo e software livre. Pensamos que é uma boa ideia realizar uma mesa redonda dos grandes debates sobre software livre, talvez em centros acadêmicos.
  • Decidimos realizar uma Installfest em dezembro, na UFSCar. A data ainda será definida. Responsável: Rafael Beraldo.
  • Decidimos, também, realizar cursos de GNU/Linux para iniciantes, em 2017. Os cursos seriam dados em parceria com o opensanca. Responsável: Rafael Beraldo.
  • Discutimos a possibilidade de realizar um encontro dos grupos da cidade (a saber: opensanca, pyladies, grupy-sanca, sancaLUG e CCSL). Rafael Beraldo ficou responsável por averiguar uma data e possibilidade.
  • Discutimos como melhorar a divulgação dos projetos e eventos (problema ainda a ser resolvido, aceitamos ideias) e como melhorar o feedback dos eventos realizados. Uma das ideias é ter pessoas nos eventos passando para pegar uma certa amostragem de questionários.
  • Tivemos a ideia de acompanhar os grupos de São Paulo e Campinas, como o Littlemaker, e ficar de olho no que fazem. Eventualmente, poderíamos convidá-los para um evento em São Carlos. Responsável: Alexandre.
  • Decidimos que vamos averiguar a possibilidade de realizar um evento de dois dias em São Carlos, com o maior número de parceiros. Algumas ideias são trazer a discussão de minorias em software, fazer mesas redondas, workshops etc. Responsável: Rafael Beraldo.
  • Apontamos que é uma boa ideia, ao realizar uma installfest, começar perguntando para que a pessoa usa seu computador.
  • Ficamos de divulgar o site speaking.io para nossa comunidade, a fim de ajudar com a preparação das palestras e workshops.
  • Tivemos a dúvida de como divulgar software livre e o CCSL entre os próprios alunos da USP e UFSCar. Eles são os mais próximos do assunto e, portanto, o público-alvo inicial do nosso grupo.
  • Decidimos, finalmente, realizar um projeto de software livre junto às escolas públicas. Responsável: Priscila.